Inovação em logística: veja 6 dicas para implementar na sua empresa

Publicado por Fábio Cunha em Qualidade, Sem categoria, TMS, Transporte, WMS.

A inovação em logística é um tema muito debatido nas organizações, afinal, é uma área que, cada vez mais, fundamenta-se em métodos modernos e avanços tecnológicos. Assim, nada mais estratégico do que procurar essas ideias e, principalmente, inseri-las no cotidiano da empresa.

Dessa forma, buscar conhecer tais inovações tecnológicas e aplicá-las em seu negócio consiste em uma das melhores formas de manter seu empreendimento produtivo e competitivo, visto que estamos em um período de elevada concorrência, e conquistar a preferência de um cliente exige métodos cada vez mais inteligentes.

inovação em logística

Vale destacar que a inovação tecnológica ocasiona um aumento da produtividade e a eficiência de toda a cadeia logística. Em virtude disso, diversos contratempos na organização são reduzidos e, consequentemente, ocorre elevação da lucratividade e da otimização dos processos. Continue a leitura e veja 6 dicas de como implementar inovação tecnológica no seu negócio!

1. Invista em tecnologia

É impossível que ocorra a inovação em logística sem o uso da tecnologia. Atualmente, existe uma grande quantidade de ferramentas tecnológicas específicas para os processos logísticos. Isso não se limita a determinado setor da empresa, já que, toda a gestão administrativa precisa contar com o auxilio de um bom software.

Sistemas de avaliação de processos também podem ser um instrumento muito útil, com seus dashboards e relatórios. É importante frisar que a tecnologia de rastreamento de cargas pode atestar mais segurança, além de revelar a qualidade dos atendimentos empresariais.

Nesse contexto, o investimento em tecnologia ocasiona a modernização das operações, o que otimiza as atividades e contribui para a tomada de decisões. A inovação surge por meio do controle dos processos, que auxilia na identificação dos pontos fracos e, além disso, é possível corrigi-los e achar oportunidades de melhorias.

2. Utilize aplicativos no processo de entrega

Um aplicativo de controle de coletas e entregas na logística, além de proporcionar a localização dos entregadores e a identificação do tempo restante para que a carga chegue ao lugar desejado, também é capaz de gerenciar as rotas e o sequenciamento de entrega.

Isso é muito fácil e cômodo, afinal, o entregador saberá qual a rota que deve realizar para que economize combustível e por onde iniciar suas entregas.

Umas das funções mais utilizadas é a coleta da assinatura do recebedor do produto em um celular do entregador munido do APP de Entregas.

app de entregas Datamex - Controle de entrega de mercadorias pelo celular

Desse modo, o gestor da operação logística acaba sabendo, em tempo real, se ocorreu algum tipo de problema na entrega ou na rota e, assim, é possível agir rápido para resolver o problema, cuidar da segurança do motorista se for o caso, e garantir a satisfação do cliente final. A mobilidade é essencial para a eficácia dos processos logísticos.

3. Automatize os processos

Hoje em dia, a logística pode ser amparada por um conjunto de instrumentos digitais, que tornam a maioria dos processos mais eficientes e ágeis e proporcionam economia e boa produtividade para a empresa.

Os gestores têm, à sua disposição, desde sistemas especialmente elaborados para a área logística, por exemplo, programas de gerenciamento de transportadoras (TMS), de controle de estoque (WMS), planejamento de rotas, Painéis de Informações de Gestão (Dashboards Logísticos) até sistemas que servem igualmente a todos os departamentos da empresa, como Gestão Financeira, Gestão de Frota e outras ferramentas de gestão mobile.

Esse tipo de investimento não beneficia somente a organização, mas também os clientes e a sociedade como um todo, que passam a contar com produtos e serviços cada vez mais eficientes. Dessa forma, a automatização dos processos proporciona maior integridade e velocidade na troca de dados, pois o gestor conseguirá todas as informações de que necessita de forma rápida.

4. Utilize metodologias Lean

A metodologia Lean, que pode ser traduzida para “enxuto”, é baseada na simplificação dos processos operacionais e gerenciais com o propósito de acabar com o desperdício de tempo e de recursos.

Essa proposta abrange todas as fases que compõem a cadeia produtiva, desde a fabricação das mercadorias até o transporte e entrega, determinando padrões para a realização de cada atividade.

O intuito principal é conseguir fazer a logística funcionar de forma exata, preparada para atender especificamente às exigências estabelecidas no planejamento estratégico de maneira rápida e eficaz.

Desse modo, a satisfação dos clientes aumenta, uma vez que o índice de atraso ou outra adversidade nas entregas é praticamente zerado.

Por sua vez, a empresa eleva significativamente o seu faturamento, por causa da fidelização de clientes, e percebe a diminuição de gastos, graças à economia de recursos ocasionada pela metodologia Lean.

5. Use um software integrado

A escolha de um software integrado é um dos pontos mais fundamentais para realizar uma boa gestão. Desse modo, é preciso buscar por um software completo, integrado e que atenda os principais setores envolvidos na operação da empresa.

Normalmente, utilizar um software integrado garante uma maior eficiência e agilidade nos processos, além de minimizar possíveis falhas humanas e situações inesperadas.

6. Utilize a Gestão à Vista

Você viajaria em um carro sem um painel de instrumentos que indicasse no mínimo a velocidade, a quantidade de combustível no tanque, temperatura do motor? E viajaria para algum lugar sem conhecer o caminho e sem no mínimo placas indicativas na estrada para saber se está no caminho certo?

O problema é que essa é a forma que muitos empresários fazem a gestão das suas empresas, sem ter indicadores claros que demonstrem se a empresa está indo bem ou mal, se a sua estratégia está dando certo, alguns chegam a desconhecer números básicos do seu negócio, como:

  • volume de vendas ou fretes mês a mês
  • tamanho da sua inadimplência
  • quem são seus principais clientes
  • quais as médias de consumo da sua frota
  • percentual de entregas no prazo
  • quanto de caixa será necessário para honrar as contas a pagar da próxima semana

É fato que essas informações estão disponíveis em relatórios na maioria dos sistemas de gestão de transportadoras, porém, o entrave muitas vezes é a rotina corrida dos gestores, que acabam muitas vezes deixando para olhar os relatórios quando as situações já se tornaram críticas e viraram problemas. E neste sentido, as ferramentas de dashboards ou painéis de gestão à vista vieram para dar visibilidade em tempo real às informações que são essenciais para tomada rápida de decisões que visem assegurar a segurança e o crescimento do negócio.

Quer saber mais sobre como a Gestão à vista e os Dashboards podem ajudar a sua empresa? veja este artigo que preparamos para você:

Gestão à vista: entenda como ela se aplica na logística

Concluindo, a inovação em logística abordada no decorrer do texto tem a finalidade de tornar o setor mais eficiente e produtivo. Todo gestor que pretende melhorar o rendimento de seus colaboradores e, assim, proporcionar bons resultados para o negócio precisa ficar atento a essas tendências e avaliar as formas de integrá-las no cotidiano dos processos empresariais. Afinal, a principal finalidade da tecnologia é contribuir para as tarefas do dia a dia.

Painéis de Gestão Datamex - Dashboards / BI Logístico

Nosso artigo foi esclarecedor e útil para você? Ficou com alguma dúvida ou gostaria de ter mais informações a respeito? Então, entre em contato conosco! Será um prazer atendê-lo!

Avalie este artigo

Inovação em logística: veja 6 dicas para implementar na sua empresa
5 estrelas
4 votos

Veja também

Deixar comentários