4 dicas essenciais para o transporte de cargas fracionadas

Publicado por Fábio Cunha em Gestão de Transporte, TMS, Transporte.

O setor de logística tem um papel estratégico para que as empresas conquistem uma posição de destaque no mercado — o seu bom funcionamento é um dos grandes responsáveis pelos níveis de satisfação dos clientes. Nesse cenário, dominar o conceito de cargas fracionadas é indispensável para uma gestão inteligente dos serviços de transporte e, consequentemente, melhorar a relação de custo-benefício dos fretes.

transporte de cargas fracionadas

Então, para ajudar você a entender a prática da carga fracionada e como empregá-la de maneira correta no seu negócio, elaboramos este artigo com 4 dicas preciosas sobre esse modelo de trabalho. Continue a leitura e confira!

O que é o transporte de cargas fracionadas?

O transporte de cargas fracionadas consiste na operação logística que se encarrega do transporte de pequenas remessas. Isto é, diante da necessidade do envio de uma quantidade menor de mercadorias, a empresa tem a alternativa de embarcá-la com o custo do frete individualizado, em vez de contratar um veículo para a entrega de uma única encomenda.

Nesse caso, a transportadora reúne várias encomendas e traça uma rota inteligente a fim de otimizar os custos com a operação. Como resultado, os valores cobrados dos clientes são mais atrativos e contribuem para uma maior margem de lucro do negócio de ambos.

Como funciona o transporte de cargas fracionadas?

A ideia do transporte na modalidade de frete fracionado (LCL) é compartilhar a capacidade máxima de carga de um veículo com mercadorias de diversos clientes, com destinos em uma mesma região. O custo de contratação do frete é mais em conta para o cliente final do que se fosse contratar um frete de uma carga completa (FCL), e a transportadora também consegue reduzir os seus gastos com a atividade.

Assim, se um contratante deseja levar suas mercadorias para São Paulo, mas elas ocupam apenas 70% de espaço do modal de transporte, o volume remanescente pode ser ocupado com produtos de diferentes empresas, otimizando a operação e melhorando a margem de lucro da transportadora.

Trata-se de uma dinâmica que facilitou bastante o fluxo logístico de produtos, sobretudo para empreendimentos do varejo e negócios de menor porte. Se for preciso o envio de um único item, isso é plenamente possível com tarifas módicas e um serviço de entrega de qualidade.

Baixe grátis e-Book Guia para aumentar as vendas em Transportadoras

Quais as principais dicas para quem trabalha com as cargas fracionadas?

1. Estruture o processo de acondicionamento das cargas nos veículos

A forma como os produtos são organizados nos veículos tem um papel significativo nas operações logísticas de cargas fracionadas. Nesse contexto, o planejamento ideal é não reunir cargas grandes e pequenas na mesma viagem. Isso porque, além das mercadorias pesadas demandarem mais esforços e tempo, elas ainda podem danificar as menores e mais frágeis.

Para facilitar o processo, recomenda-se que as entregas sejam organizadas de acordo com as áreas de atuação dos clientes. Por exemplo, reunir apenas os equipamentos eletrônicos, ou as bebidas e alimentos, ou os artigos de vestuário. Isso aumenta a segurança do transporte.

2. Elabore um cronograma eficiente

Uma das grandes preocupações das empresas ao contratar serviços logísticos é o cumprimento dos prazos prometidos aos consumidores. Então, considerando que na carga fracionada, por atender diversos clientes e destinos, o tempo de entrega seja mais demorado, a transportadora deve contar com um cronograma bem alinhado às suas demandas, além de estratégias e ferramentas que tragam eficiência a sua rotina.

3. Otimize as rotas de entrega

O objetivo das cargas fracionadas é facilitar a logística de entrega das empresas e, principalmente, gerar economia. Contudo, de nada adianta ter uma excelente estrutura, com os equipamentos e técnicas mais modernas, planejar o cronograma de atividades, mas não pensar no impacto que a escolha das rotas pode causar nos resultados.

Quando um veículo é carregado com produtos de rotas desconexas, naturalmente haverá:

  • maior consumo de combustível;
  • maior demora na entrega;
  • maior número de manutenções.

Enfim, além de tornar o processo mais caro, a má definição das rotas é capaz de gerar insatisfação e prejudicar a credibilidade da empresa no mercado.

4. Tenha um bom cadastro e controle de fretes feitos para cada cliente

O cadastro e o controle preciso de todos fretes feitos para os clientes que operam com cargas fracionadas permite que o gestor tenha uma estimativa do intervalo de tempo em que cada um deles realiza seus pedidos — semanalmente, de quinze em quinze dias, mensalmente, etc.

Sabendo a frequência com que utilizarão seus serviços, é possível calcular melhor os prazos de entrega e oferecer condições mais vantajosas de frete, bem como executar as atividades da transportadora com um maior grau de precisão, proporcionando uma melhor experiência para o cliente, o que contribui para a sua fidelização.

Qual a importância de um bom software para a gestão das cargas fracionadas?

Além de experiência e o uso de procedimentos já consagrados entre as boas práticas do setor logístico, o apoio das tecnologias mais modernas dentro desse segmento é fundamental para se obter um bom desempenho, excelência no atendimento e assim ganhar competitividade no mercado.

Para otimizar a gestão e as operações de transportadoras de cargas fracionadas é altamente recomendável que se invista em sistemas capazes de lidar com:

  • definição de rotas de entrega;
  • rastreamento de cargas via web;
  • gerenciamento de armazéns e centros de distribuição;
  • gestão de frotas e manutenção;
  • emissão de documentos fiscais de transporte;
  • controle de coletas e entregas, entre outras funcionalidades.

Nesse sentido, os softwares de gestão consistem em grandes aliados para que as transportadoras racionalizem os seus processos logísticos. Primeiramente porque tais sistemas integram o fluxo de informações em um único ambiente, permitido aos gestores o acompanhamento do seu negócio em tempo real.

Ademais, a comunicação interna também é potencializada e a automatização de tarefas repetitivas ajuda a reduzir os índices de falhas. Sem deixar de mencionar que os colaboradores são melhor aproveitados para ações mais importantes.

Como a Datamex pode ajudar?

A Datamex é uma empresa que desenvolve e implanta aplicações e softwares voltados para a gestão logística, sempre focada na otimização de recursos como vantagem competitiva.

Seu sistema apresenta como principais aspectos: gestão comercial, agilidade no faturamento dos fretes, controle por relatórios gerenciais, controle da rotina financeira, entre outras funcionalidades importantes para o segmento.

Com mais de 12 anos de experiência nesse mercado, a Datamex conta com uma equipe composta de profissionais altamente qualificados e os mais avançados recursos em Tecnologia da Informação para que o seu negócio alcance a excelência em gestão de transportes.

Por todo o exposto, foi possível entender o que é o transporte de cargas fracionadas e qual o seu papel nas operações logísticas de uma organização. Assim como nas cargas completas, existem desafios para se atingir uma performance satisfatória e segura, mas com a aplicação das estratégias adequadas e recursos que potencializem suas atividades, é possível conquistar os resultados desejados.

Emissor de CTe com CIOT e EDI

Gostou das dicas? Agora que você aprendeu sobre o transporte de cargas fracionadas, aproveite para entrar em contato conosco e conhecer as soluções personalizadas que temos a oferecer para o seu negócio!

Avalie este artigo

4 dicas essenciais para o transporte de cargas fracionadas
5 estrelas
8 votos

Veja também

Deixar comentários